Quinta-feira
13 de Agosto de 2020 - 
Advocacia Cível, Direito de Familia, Sucessões, Consumidor, Trabalhista e Previdenciária
Anos de tradição jurídica
Confiança, credibilidade e competência

Area do cliente

Usuário
Senha

Notícias

Cadastre-se

Deixe o seu melhor email e se mantenha informado sobre o Direito do Trabalho.
Nome
Seu email

Nova audiência virtual no TRT/RJ busca regularizar o pagamento de salários de profissionais de saúde do estado do RJ

Prossegue o esforço conciliatório do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT/RJ) e do Ministério Público do Trabalho do Rio de Janeiro (MPT-RJ) para resolver o impasse do atraso no pagamento de salários de profissionais que atuam na saúde do estado do Rio de Janeiro, entre os quais enfermeiros, médicos e técnicos de enfermagem. Na tarde desta segunda-feira (6/7), foi realizada mais uma audiência relativa ao pedido de mediação pré-processual formulado por sindicatos representativos de diversas categorias profissionais. Além dos sindicatos, participaram da audiência – realizada virtualmente pelo Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas da Capital (Cejusc-CAP) de segundo grau – organizações sociais (OSs), organizações não governamentais (ONGs), associações e o estado do Rio de Janeiro. Na audiência, ficou registrado em ata que o estado do Rio de Janeiro vai regularizar o pagamento das OSs com contrato ativo, sem pendência, até quinta-feira (9/7). Elas deverão efetuar o pagamento aos trabalhadores no prazo de 48 horas. Foi juntada aos autos a relação das unidades onde há pendência no recebimento de salários de maio e junho, que englobam UPAs e hospitais. O estado do Rio de Janeiro também informou a relação das OSs que precisam regularizar documentação para liberação da verba. Presidindo a audiência, o desembargador Cesar Marques Carvalho, coordenador do Cejusc-CAP de segundo grau, reforçou a importância de que os sindicatos deixem os trabalhadores (por eles representados) cientes de toda a movimentação que tem sido feita na Justiça do Trabalho para que os pagamentos sejam regularizados. Representado pela procuradora do trabalho Deborah Felix, o MPT-RJ sugeriu  envio de ofício à 6ª Vara de Fazenda Pública do Rio de Janeiro, informando da atual tentativa de composição e solicitando solução para o pagamento do salário dos trabalhadores da OZZ Saúde Eireli. A medida foi tomada pelo risco de paralisação dos trabalhadores que atuam no Samu, gerenciado por essa empresa.  Uma nova audiência virtual foi marcada para o dia 13/7, às 10h30.  
07/07/2020 (00:00)

Endereço

Silva & Santana Advogados (Advogado Trabalhista)

Avenida T-4  619  Qd. 141, Lts. 4/5, Sala 1013, Edificio Buena Vista Office Design
-  Setor Bueno
 -  Goiânia / GO
-  CEP: 74230-035
+55 (62) 32245073+55 (62) 983319932+55 (62) 985914706+55 (62) 991443681
Visitas no site:  2968638
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.